8 alimentos saudáveis para comer na Dieta Cetogênica

café dieta cetogênica
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Vamos a lista de ótimos alimentos para comer na dieta Cetogênica

 

1 – Iogurte Grego e Queijo Cottage

 

Iogurte grego natural e queijo cottage são alimentos saudáveis ​​e ricos em proteínas. Mesmo contendo alguns carboidratos, eles ainda podem ser incluídos em um estilo de vida cetogênico. 150 gramas de iogurte grego natural fornecem 5 gramas de carboidratos e 18 gramas de proteína.

Demonstrou-se que tanto o iogurte quanto o queijo cottage ajudam a diminuir o apetite e a promover saciedade. Você é capaz de fazer um lanchinho tomando um iogurte grego natural ou comendo uma porção de queijo cottage sem mais nada. Mas eles ficam deliciosos também se forem acompanhados com nozes ou amêndoas picadas e canela.

Procure por Iogurte Grego orgânico, natural ou sem adição de açúcar.

 

2 – Azeite de oliva

 

O azeite de oliva oferece benefícios impressionantes para o seu coração. É rico em ácido oleico, uma gordura monoinsaturada que diminui os fatores de risco para doenças cardíacas em muitos estudos. Além disso, o azeite extra-virgem é rico em antioxidantes, conhecidos como fenóis. Esses compostos protegem ainda mais a saúde do coração, diminuindo a inflamação e melhorando a função arterial. 

Como fonte pura de gordura, o azeite não contém carboidratos. É uma base ideal para molhos para salada e maionese saudável. Como não é tão estável quanto as gorduras saturadas a altas temperaturas, é melhor usar o azeite para cozinhar em fogo baixo ou adicioná-lo aos alimentos depois de cozidos.

3 – Nozes e sementes

 

Nozes e sementes são alimentos saudáveis, ricos em gordura e baixos em carboidratos. O consumo frequente de nozes tem sido associado a um risco reduzido de doenças cardíacas, certos tipos de câncer, depressão e outras doenças crônicas. Além disso, nozes e sementes são ricas em fibras, o que pode ajudá-lo a se sentir saciado e absorver menos calorias em geral. Embora todas as nozes e sementes sejam baixas no valor líquido dos carboidratos, a quantidade varia bastante entre os diferentes tipos.

Aqui estão as contagens de carboidratos para 28 gramas de algumas nozes e sementes mais populares:

  • Amêndoas: 3 gramas de carboidratos líquidos (6 gramas de carboidratos totais)
  • Castanha-do-Pará: 1 grama de carboidratos líquidos (total de 3 gramas de carboidratos)
  • Castanha-de-Cajú: 8 gramas de carboidratos líquidos (9 gramas de carboidratos totais)
  • Macadâmia: 2 gramas de carboidratos líquidos (4 gramas de carboidratos totais)
  • Nozes pecãs: 1 grama de carboidratos líquidos (total de 4 gramas de carboidratos)
  • Pistácios: 5 gramas de carboidratos líquidos (8 gramas de carboidratos totais)
  • Nozes: 2 gramas de carboidratos líquidos (4 gramas de carboidratos totais)
  • Sementes de Chia: 1 grama de carboidratos líquidos (12 gramas de carboidratos totais)
  • Linhaça: 0 gramas de carboidratos líquidos (8 gramas de carboidratos totais)
  • Sementes de abóbora: 4 gramas de carboidratos líquidos (5 gramas de carboidratos totais)
  • Sementes de gergelim: 3 gramas de carboidratos líquidos (total de 7 gramas de carboidratos)

 

4 – Frutas como morango, mirtilo, framboesa e amora

 

A maioria das frutas é rica em carboidratos e não devem ser incluídas em uma dieta cetogênica padrão, mas existem algumas frutas que podem ser consumidas. Bagas são pobres em carboidratos e ricas em fibras. De fato, framboesas e amoras contêm tanta fibra quanto carboidratos digeríveis. Essas pequenas frutas são carregadas com antioxidantes que ajudam na redução da inflamação e na proteção contra doenças.

Aqui estão as contagens de carboidratos para 100 gramas de algumas bagas:

  • Amoras: 5 gramas de carboidratos líquidos (10 gramas de carboidratos totais)
  • Mirtilos: 12 gramas de carboidratos líquidos (14 gramas de carboidratos totais)
  • Framboesas: 6 gramas de carboidratos líquidos (12 gramas de carboidratos totais)
  • Morangos: 6 gramas de carboidratos líquidos (8 gramas de carboidratos totais)

 

5 – Manteiga e nata

manteiga dieta keto

Manteiga e nata são boas gorduras para incluir em uma dieta cetogênica. Cada uma contém apenas pequenas quantidades de carboidratos por porção. Por muitos anos, acreditou-se que a manteiga e a nata causavam ou contribuam para doenças cardíacas devido ao seu alto teor de gordura saturada. No entanto, vários grandes estudos mostraram que, para a maioria das pessoas, a gordura saturada não está ligada a doenças cardíacas. De fato, alguns estudos sugerem que um consumo moderado de laticínios com alto teor de gordura pode reduzir o risco de ataque cardíaco e derrame.

Como outros produtos lácteos gordurosos, a manteiga e a nata são ricas em ácido linoléico conjugado, o ácido graxo que pode promover a perda de gordura.

 

6 – Azeitonas

 

As azeitonas oferecem os mesmos benefícios de saúde que o azeite de oliva, apenas na forma sólida. A oleuropeína, o principal antioxidante encontrado nas azeitonas, possui propriedades anti-inflamatórias e pode proteger suas células contra danos.

Além disso, estudos sugerem que o consumo de azeitonas pode ajudar a prevenir a perda óssea e diminuir a pressão sanguínea. As azeitonas variam em teor de carboidratos devido ao seu tamanho. No entanto, metade de seus carboidratos é proveniente de fibras, portanto, seu conteúdo de carboidratos digeríveis é muito baixo. 

Uma porção de 28 gramas de azeitonas contém 2 gramas de carboidratos totais e 1 grama de fibra. Isso resulta em uma contagem líquida de carboidratos de 1 grama para 7 a 10 azeitonas, dependendo do tamanho. 

 

7 – Chá e café sem açúcar

 

Café e chá são bebidas sem carboidratos.

Elas contêm cafeína, o que aumenta seu metabolismo e pode melhorar seu desempenho físico, estado de alerta e humor.

Além disso, demonstrou-se que quem bebe café e chá têm um risco significativamente reduzido de diabetes. De fato, aqueles com maior ingestão de café e chá têm o menor risco de desenvolver diabetes.

Café e chá SEM AÇÚCAR não contêm carboidratos e podem ajudar a aumentar sua taxa metabólica, bem como o desempenho físico e mental. Eles também podem reduzir o risco de diabetes.

chá com folhas keto

8 – Chocolate amargo e cacau em pó

 

Chocolate amargo e cacau são deliciosas fontes de antioxidantes. De fato, o cacau tem sido chamado de “super fruta”, porque fornece pelo menos tanta atividade antioxidante quanto qualquer outra fruta, incluindo mirtilos e açaí. O chocolate amargo contém flavanóis, que podem reduzir o risco de doença cardíaca, diminuindo a pressão sanguínea e mantendo as artérias saudáveis.

O chocolate pode fazer parte de uma dieta cetogênica. No entanto, é importante escolher chocolate amargo que contenha um mínimo de 70% de sólidos de cacau, de preferência que tenham uma porcentagem ainda maior. 28 gramas de chocolate sem açúcar (100% cacau) possui 3 gramas de carboidratos líquidos. A mesma quantidade de 70 a 85% de chocolate amargo contém até 10 gramas de carboidratos líquidos.

Uma dieta cetogênica pode ser usada para o emagrecimento, controle de açúcar no sangue e outros objetivos relacionados à saúde. Felizmente, pode incluir uma grande variedade de alimentos nutritivos, saborosos e versáteis que permitem que você permaneça dentro da sua faixa diária de carboidratos. Para colher todos os benefícios de saúde de uma dieta cetogênica, consuma esses alimentos regularmente.

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin

Saiba de TUDO o que acontece no mundo Low-Carb

Receba Dicas, Receitas, Novidades e Podcasts no seu e-mail.

No posts found!

5 1 voto
Avaliação do artigo
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Dúvidas ou comentários? Escreve aqui!x
()
x