Estresse nas mulheres pode ser tão prejudicial quanto comidas industrializadas.

mão estressada com crianças
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Estresse nas mulheres

 

O estresse pode ser tão nocivo para as mulheres quanto comida industrializada, diz estudo da BYU.

Embora comer alimentos nutritivos seja importante, um novo estudo da Universidade Brigham Young diz que o estresse pode ser tão nocivo para as mulheres quanto comida industrializada. “O estresse pode ser prejudicial em muitos aspectos, mas essa pesquisa vincula o estresse a alterações específicas da mulher na microbiota intestinal. “Às vezes pensamos no estresse como um fenômeno puramente psicológico, mas isso causa mudanças físicas distintas”.

Laura Bridgewater, professora de biologia da BYU e seus colaboradores da Universidade Jiao Tong de Xangai, na China, tomaram um grande grupo de ratos de oito semanas de idade e alimentaram metade dos machos e metade das fêmeas com uma dieta rica em gorduras ruins. Após 16 semanas, todos os ratos foram expostos a estresse leve por 18 dias. Os pesquisadores então extraíram o DNA microbiano das fezes dos ratos para ver como a microbiota intestinal reagia. Os ratos machos da dieta hiperlipídica exibiram mais ansiedade e menos atividade do que as fêmeas com alto teor de gorduras ruins, mas o estresse fez com que a microbiota das fêmeas mudasse como se estivessem em uma dieta rica em gorduras ruins.

Quando as fêmeas ratas foram expostas ao estresse, sua microbiota intestinal – microorganismos vitais para a saúde digestiva e metabólica – mudaram, parecendo com os ratos que estavam comendo uma dieta rica em gorduras ruins, segundo Laura Bridgewater, professora de biologia da BYU. “Às vezes pensamos no estresse como um fenômeno puramente psicológico, mas isso provoca mudanças físicas distintas.” – explicou a professora da BYU. Embora o experimento não tenha sido reproduzido em seres humanos, ela acredita que poderia haver implicações significativas para as mulheres. “Na sociedade, as mulheres tendem a ter taxas mais altas de depressão e ansiedade, que estão ligadas ao estresse”. “Este estudo sugere que uma possível fonte pode ser as diferentes maneiras pelas quais a microbiota intestinal responde ao estresse em machos versus fêmeas”.

O que posso fazer para ajudar a controlar meu estresse?

 

Todo mundo tem que lidar com o estresse em algum momento da vida. Mas nós podemos tomar algumas medidas para ajudar a lidar com o estresse de uma maneira positiva.

 

Respire fundo.

 

Isso força você a respirar mais devagar e ajuda os músculos a relaxar. O oxigênio extra envia uma mensagem ao seu cérebro para acalmar e relaxar o corpo.

 

Faça alongamentos.

 

O alongamento também pode ajudar a relaxar os músculos e fazer com que você se sinta menos tenso.

 

Escreva seus pensamentos.

 

Manter um diário ou simplesmente escrever as coisas pelas quais você é grato pode ajudá-lo a lidar com o estresse.

 

Tire um tempo para si mesmo.

 

Pode ser ouvir música, ler um bom livro, ir à academia ou ir ao cinema.

 

Meditar.

meditação estresse mulher

Estudos mostram que a meditação, um período fixo de quietude para concentrar a mente em um pensamento positivo ou neutro, pode ajudar a diminuir o estresse. Além dos tratamentos médicos tradicionais, a meditação também pode ajudar a melhorar a ansiedade, alguns sintomas da menopausa e os efeitos colaterais do tratamento do câncer e pode baixar a pressão arterial. A meditação é geralmente segura para todas as pessoas e guias de meditação gratuitos já estão disponíveis online. 

 

Durma o suficiente.

 

A maioria dos adultos precisa de 7 a 9 horas de sono por noite para sentir-se descansado.

 

Coma direito.

 

Lanchinhos como chips ou biscoitos com alto teor de açúcar causam picos de energia, mas que são perdidos rapidamente. Em vez disso, coma alimentos com vitaminas do complexo B, como banana, peixe, abacate, frango e verduras verdes escuras. Estudos mostram que as vitaminas do tipo B podem ajudar a aliviar o estresse, regulando os nervos e as células cerebrais. Você também pode tomar um suplemento de vitamina B se o seu médico prescrever para você.

 

Mexa-se.

 

A atividade física pode relaxar seus músculos e melhorar seu humor. A atividade física também pode ajudar a aliviar os sintomas de depressão e ansiedade. A atividade física aumenta os níveis de substâncias químicas do tipo “sentir-se bem” em seu corpo, chamadas endorfinas. Endorfinas podem ajudar a melhorar o humor.

 

Tente não lidar com o estresse de maneiras que não sejam saudáveis.

 

Isso inclui beber muito álcool, usar drogas, fumar ou comer demais. Estas maneiras ruins de enfrentar os problemas podem até ajudá-lo a se sentir bem no momento, mas podem aumentar seus níveis de estresse a longo prazo. Tente substituir estes hábitos com outras opções mais saudáveis ​​de lidar com seus problemas, como passar tempo com amigos e familiares, fazer exercícios ou encontrar um novo hobby.

familia

Converse com amigos ou familiares.

 

Eles podem ajudá-lo a ver seus problemas através de novas lentes e podem até sugerir soluções. Ou se você puder apenas falar com um membro da família ou amigo sobre algo que está te estressando, pode ajudá-lo a se sentir melhor.

 

Obtenha ajuda de um profissional se precisar.

 

Seu médico ou outro outro profissional de saúde pode sugerir aconselhamento ou prescrever medicamentos. Você também pode encontrar um terapeuta em sua área. Se relacionamentos importantes com a família ou amigos são uma fonte de estresse, um conselheiro pode ajudá-lo a aprender novas habilidades emocionais e de relacionamento.

 

Organize-se.

 

Ser desorganizado pode ser um sinal de estresse. Ter listas de tarefas a fazer pode ser uma ajuda para organizar seu trabalho e sua vida doméstica. Descubra o que é mais importante fazer em casa e no trabalho e faça isso primeiro.

 

Ajude outros.

 

O voluntariado em sua comunidade pode ajudá-lo a fazer novos amigos e se sentir bem em ajudar os outros.

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin

Saiba de TUDO o que acontece no mundo Low-Carb

Receba Dicas, Receitas, Novidades e Podcasts no seu e-mail.

0
O que você achou? Comenta aqui!x
()
x