Parou de EMAGRECER na LOW CARB? Como QUEBRAR o Efeito Platô! 7 ERROS

Comendo Banana Erro na Dieta Cetogênica
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

1 – Você está comendo muitos açúcares “saudáveis”

 

Se você estiver em uma dieta baixa em carboidratos ou cetogênica, açúcares “saudáveis”, como açúcar de coco ou açúcar de cana cru, são tão ruins quanto o açúcar comumEles são ricos em carboidratos e podem impedir completamente o seu corpo de se adaptar à dieta. Isso também se aplica ao mel, néctar de agave e outros.

Adoçantes de zero caloria são bons para a maioria das pessoas, mas você pode considerar limitá-los se tiver problemas para perder peso. Eles também costumam conter carboidratos digeríveis.

 

2 – Você tem uma condição médica entrando no seu caminho

 

Certos medicamentos são conhecidos por estimular o ganho de peso. Se você olhar a lista de efeitos colaterais dos medicamentos que está tomando e vir “ganho de peso” na lista, marque uma consulta com seu médico. Talvez haja outro medicamento disponível que não cause ganho de peso.

Se você está fazendo tudo certo e ainda não está obtendo resultados, talvez tenha um problema médico subjacente. Muitos distúrbios hormonais podem causar problemas para perder peso, principalmente hipotireoidismo. Nesse caso, marque uma consulta com seu médico. Explique que você está tendo problemas para perder peso e que deseja excluir qualquer problema médico.

3 – Você está sempre comendo

 

É um mito persistente nos círculos de saúde e fitness que todos devem comer muitas pequenas refeições ao longo do dia. Isso foi realmente estudado minuciosamente. Nenhuma vantagem foi encontrada em comer refeições mais freqüentes e menores. É natural que os humanos comam menos refeições por dia e, às vezes, passem longos períodos sem comida.

Algumas pessoas fazem algo chamado jejum intermitente, comem em uma janela de 8 horas por dia ou fazem jejuns de 24 horas, 1-2 vezes por semana. Isso pode ser muito útil para romper um platô.

 

4 – Você está tendo recaídas com muita frequência

 

Para pessoas capazes de se controlar, fazer refeições com comidas processadas de vez em quando pode ser algo bom. Para outros, especialmente aqueles que são propensos ao vício em comida, fazer refeições com alimentos processados provavelmente fará mais mal do que bem. Se você está trapaceando ou recaindo com frequência, com “deslizes” aqui e ali ou dias inteiros em que você come nada além de fast-food, isso pode arruinar facilmente seu progresso.

Ter mais de 1 a 2 refeições deste tipo por semana (ou um dia de trapaça) será excessivo. Se você simplesmente não consegue se controlar em torno de alimentos não saudáveis, não importa o que tente, talvez tenha dependência alimentar. Nesse caso, remover completamente os fast- foods e comidas processadas da sua vida pode ser uma boa ideia. Algumas pessoas podem comer junk food de vez em quando sem arruinar seu progresso, mas isso não se aplica a todos. Para outros, fazer refeições desse tipo fará mais mal do que bem.

 

5 – Você está comendo muitas calorias

 

No final do dia, as calorias são importantes. Uma das principais razões pelas quais dietas com baixo teor de carboidratos e cetogênicas são tão eficazes é que reduzem o apetite e fazem as pessoas comerem menos calorias em geral. Se você não está perdendo peso, mas está fazendo as coisas certas, tente contar calorias por um tempo. Você pode contar as suas calorias usando um aplicativo de celular ou registrando o que comeu em um diário alimentar por alguns dias.

Procure um déficit de 500 calorias por dia, o que teoricamente deve fazer você perder um quilo de peso por semana (embora nem sempre funcione na prática).

 

6 – Você não tem expectativas realistas

A perda de peso leva tempo. Perder meio a 1 quilo por semana é uma meta realista. Algumas pessoas perdem peso mais rapidamente do que isso, enquanto outras perdem peso bem mais lentamente. Mas também é importante ter em mente que, em algum momento, você atingirá um peso saudável.

 

7 – Você está “cortando” há muito tempo, ou seja, fazendo dieta restritiva por muito tempo

 

Estar com um déficit calórico por muito tempo pode ter alguns efeitos negativos no seu corpo, como por exemplo, uma baixa no seu metabolismo. As pessoas mais magras do mundo (como fisiculturistas e modelos de fitness) nunca fazem isso. Eles fazem ciclos de “volume” (onde eles se alimentam saudável, porém em grande quantidade para fortalecer o aumento muscular) e ciclos de “corte” (onde é o período de reduzir as calorias para perder baixar a gordura corporal e começar a mostrar o músculos).

Se você comer com um déficit calórico por muitos meses (ou anos), em algum momento, o seu metabolismo tende a diminuir, desacelerando o emagrecimento se você pretende perder peso. Se você faz dieta há muito tempo, um período de dois meses comendo alimentos saudáveis em uma quantidade um pouco maior para “manter” e ganhar um pouco de músculo pode ser o que você precisa para recomeçar e acelerar o seu metabolismo novamente. Claro, isso não significa comer alimentos ruins, apenas uma quantidade maior de alimentos saudáveis. Após esses dois meses, você pode começar a “fazer dieta” novamente.

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin

Saiba de TUDO o que acontece no mundo Low-Carb

Receba Dicas, Receitas, Novidades e Podcasts no seu e-mail.

No posts found!

0 0 votos
Avaliação do artigo
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Dúvidas ou comentários? Escreve aqui!x
()
x